Aulas-shows
Vinicius: Palavra e Música
Paula Morelenbaum, Zé Miguel Wisnik e Arthur Nestrovski
Vinicius de Moraes (1913-80) já era um poeta consagrado quando conheceu Tom Jobim, seu parceiro no espetáculo Orfeu da Conceição, de 1956. Para além das várias canções que os dois então fizeram juntos ¬– só as primeiras de uma longa lista de clássicos do nosso cancioneiro – os resultados desse encontro seriam decisivos para a vida cultural do Brasil. Não só a bossa nova, mas todo um modo de pensar a canção, como encontro privilegiado entre poesia e música, ganhava ali um modelo, a ser desenvolvido de mil e uma formas.

A importância de Vinicius (também um compositor de relevo) não pode ser minimizada: se a canção, para nós, é um registro incontornável, onde a cultura se vê e se pensa a si mesma, isto se deve, em boa medida, à contribuição do poeta, que foi passando de um gênero a outro, ao longo dos anos, com vários parceiros (Baden Powell, Carlos Lyra, Chico Buarque, Toquinho, entre outros), sempre supremo no artesanato da poesia cantada e sempre arrojadadamente livre no espírito e na vida.

Reunindo os talentos musicais, literários e acadêmicos do compositor, cantor e pianista (e professor da USP) Zé Miguel Wisnik – reconhecido como um dos nomes de ponta da música brasileira – e do compositor, violonista, crítico e escritor (e diretor artístico da Osesp) Arthur Nestrovski, juntamente com a cantora Paula Morelenbaum (outro nome de ponta da nossa música, reconhecida internacionalmente desde os anos em que integrou a banda de Tom Jobim), o espetáculo traz uma seleção de canções de Vinicius de Moraes e seus parceiros, entremeadas de leituras de alguns poemas e conversas sobre vários assuntos. Da formação do cancioneiro brasileiro ao artesanato de letra e música; das potências transformadoras da bossa-nova ao debate sobre a “morte da canção”, Morelenbaum, Wisnik e Nestrovski cantam e contam a música de Vinicius, situada por eles no contexto da cultura brasileira hoje.


Acesse www.viniciusdemoraes.com.br e veja um vídeo do espetáculo
fotos de divulgação
crédito obrigatório: Tuca Vieira
 Necessidades técnicas / Mapa de palco  
 Bio  

 

Refazenda fez